Saiba mais sobre a importância da manutenção das instalações elétricas

geradores
Compra ou aluguel de geradores: o que é mais vantajoso para o meu negócio?
27 de setembro de 2019
Exibir tudo

Saiba mais sobre a importância da manutenção das instalações elétricas

manutenção elétrica

Existem duas formas possíveis de dano elétrico em qualquer tipo de equipamento. A primeira delas é referente à violação da suportabilidade dielétrica (o material isolante elétrico deixa de funcionar como isolante.) de um determinado equipamento conectado à rede elétrica, em decorrência de sobretensões transitórias (os famosos picos de tensão) ou permanentes. A outra possibilidade é a violação da suportabilidade térmica (capacidade do material suportar uma determinada temperatura.) desses equipamentos em decorrência de sobrecorrentes, também de forma transitória ou permanente.

Partindo desses conceitos iniciais podemos dizer que o objetivo da manutenção elétrica das instalações será sempre manter todos os componentes com funcionamento adequado as suas curvas de suportabilidade dielétrica e térmica.

Mas como eu vou saber sobre essas curvas e todos esses conceitos elétricos?

Fique tranquilo, se você não é um profissional da área de elétrica tem todo o direito de não saber tais conceitos, por isso nós estamos aqui para te ajudar.  

 

O que deve ser feito para evitar os possíveis danos a uma instalação elétrica?

A primeira questão que devemos nos atentar e quanto ao enquadramento da instalação elétrica as normas técnicas(NBR-5410) e de segurança(NR-10). Caso você não tenha o conhecimento específico para tal avaliação indicamos que busque por um profissional da área devidamente qualificado.

Com a instalação devidamente enquadrada nas normas, deveremos nos atentar a manutenção desta instalação. Para garantir o correto funcionamento e a segurança das instalações elétricas, é essencial realizar manutenções periódicas, com objetivo de observar possíveis sinais de falhas.

Atitudes simples como inspeção visual nos condutores e componentes elétricos, limpeza e reaperto de conexões podem fazer uma grande diferença para evitar o aquecimento gerado nas conexões elétricas capaz de gerar a tal redução da suportabilidade dielétrica e térmica dos componentes. O aquecimento de componentes elétricos é um dos grandes responsáveis por problemas mais graves, como, curto-circuito e até incêndio.

 

Com que frequência devo realizar a manutenção das instalações elétricas?

A periodicidade da manutenção, segundo a Norma Técnica NBR 5410, está relacionada às características da instalação. Ou seja, deve-se considerar o imóvel e a complexidade dos equipamentos, bem como a influência de agentes externos sobre eles. Para que a manutenção seja adequada, ela deve ser realizada por empresas ou profissionais especializados e qualificados.

Indústrias tendem a investir na manutenção constante, já que o mau funcionamento do maquinário pode causar acidentes graves e grandes prejuízos. Residências e comércios costumam ser analisados a cada 10 anos a fim de garantir condições adequadas de ocupação.

 

Como posso realizar a manutenção das instalações elétricas?

Podem ser realizados três tipos de manutenção: a corretiva, a preventiva e a preditiva. De modo geral:

  • A manutenção corretiva

É realizada após o surgimento do problema. Nesses casos, os reparos devem ser feitos imediatamente a fim de evitar maiores danos.

  • A manutenção preventiva

Por sua vez, consiste na análise dos sistemas e dos equipamentos elétricos. Ela visa identificar e solucionar possíveis problemas a fim de manter o correto funcionamento dos equipamentos. Este tipo traz diversas vantagens, como aumento na economia, segurança do seu patrimônio e de seus funcionários além da confiabilidade nos sistemas elétricos. 

  • A manutenção preditiva

Se assemelha à preventiva. No entanto, seu intuito é prever quando deverá ser realizada a próxima manutenção elétrica, reduzindo gastos e trocas desnecessárias de equipamentos.

 

O que pode ser prevenido com a manutenção das instalações elétricas?

O desgaste de componentes é uma das situações que podem ser evitadas. Com o passar do tempo, peças e fiações podem se deteriorar, de modo a não funcionar corretamente. Fios, por exemplo, podem perder a capacidade de condução e provocar fugas de corrente elétrica. Isto pode ser averiguado através de um amperímetro a fim de assegurar a segurança das pessoas.

O mau contato pode ser provocado pela oxidação dos contatos, levando à diminuição da condução da corrente elétrica. Para evitar este problema, é necessária uma limpeza específica, com produtos adequados, de contatos e demais componentes elétricos.

Sobrecargas podem ser provocadas por diversos fatores, como subdimensionamento da instalação, ausência de dispositivos de proteção e improvisações. A falta de dispositivos de proteção também pode provocar uma sobrecarga, bem como o uso inadequado de aparelhos de alto consumo de energia elétrica.

Estes aspectos podem ser solucionados através da instalação de outros circuitos destinados aos novos pontos de energia, evitando problemas na rede elétrica. Como resultado, são reduzidas as chances de ocorrer choques ou incêndios.

 

Precisa de ajuda? Solicite os serviços de profissionais e empresas especializados e realize a manutenção das instalações elétricas corretamente. Com conhecimento e equipamentos necessários, os especialistas irão garantir o correto funcionamento dos seus equipamentos.